Nota

A Doutrina Espírita nos convida ao estudo; mas alerta-nos que sem Obras nunca seremos verdadeiramente ESPÍRITAS.

Seguidores

domingo, 26 de junho de 2011

sexta-feira, 24 de junho de 2011

quinta-feira, 23 de junho de 2011

APRENDA ESPERANTO


LINGVO ESPERANTO


LINGVO ESPERANTO

Clique e conheça Lingvo Esperanto


APRENDA ESPERANTO


* O Esperanto é uma língua política por natureza. Ela não é uma língua étnica e nem objetiva defender países ou culturas isoladamente. O movimento esperantista defende o multiculturismo e a comunicação internacional de forma neutra e pacífica.

* Curso autodidata da Língua Internacional Esperanto.

* Clique no link para baixar o programa para o seu PC:



Esperanto.Net


Multlingva Inform-Centro pri Esperanto


[pt] Português




ESPERANTO? o que é?


Uma língua
criada para facilitar a comunicação entre os povos do mundo inteiro. Mais de cem anos de utilização prática fizeram do esperanto uma língua viva, capaz de exprimer qualquer nuance do pensamento humano.


Internacional e neutra
O esperanto não pertence a um determinado povo au país, mas sim a todas as pessoas do mundo inteiro. Não é, pois, veículo de qualquer tendência de hegemonia cultural, mas uma forma de estabelecer uma ponte entre as culturas.


Fácil
O esperanto tem uma estrutura e extremamente flexível, além de um vocabulário internacional. Tudos isso contribui para que - como demonstram numerosos trabalhos científico-pedagógicos - seja muito mais fácil de aprender do que qualquer outra língua.

Aprender esperanto - para quê?


para fazer amigos
em qualquer lugar do mundo - por exemplo, mantendo correspondência com jovens de países distantes de culturas diferentes. A quem gosta de viajar, a rede de endereços "Pasporta Servo" oferece alojamente gratuito em casa pessoas que falam esperanto, disponíveis em mais 70 países.


para participar
em encontros de esperanto a nível local, nacional ou internacional, como os Congressos Universais de Esperanto, os Congressos Juvenis Internacionais e muitos outros eventos de menores dimensões, que constituem uma experiência única de convívio e comunicação para os seus milhares de participantes.


para descobrir outras culturas
através de um veículo internacional e neutro. O esperanto tem uma vasta literatura, original e traduzida, cobrindo os mais variados temas. São publicados também numerosos períodicos e transmitidos programas de rádio de ondas curtas em esperanto.

Como aprender esperanto?


Cursos e livros de estudo
estão disponíveis em clubes e associações na maior parte dos países. Além disso, devido à simplicidade do esperanto, é também possível aprendê-lo facilmente em casa, através de material autodidáctico (livros, audiovisual, computador) ou por correspondência.


Contacte
o clube ou associação da sua cidade ou país, ou directamente a Organização Mundial de Jovens Esperantista, que tem membros em mais de 100 países, onde estamos à disposição para informaçãoes mais detalhadas


Endereços:

Jovens Esperantistas de Portugal, secção juvenil da Associação Portuguesa de Esperanto:
Rua Dr. João, Couto 6 r/c A, PT-1500 Lisboa;
tel. (24 h): +351 +(0)1 +714 13 59; fax.: +351 +(0)1 +793 39 24;
correio electrónico: bacano@cc.fc.ul.pt


Brazila Esperantista Junulara Organizo
Caixa postal 03625, BR-70084 Brasília DF;
correio electrónico: bejo@digicron.com


A Liga Brasileira de Esperanto:
Caixa postal 03625, Brasilia - DF - CEP 70084-970;
Tel.: (061)226-1298; Fax: (061)226-4446;
correio electrónico: bel@esperanto.org.br


Organização Mundial de Jovens Esperantista (TEJO)
Nieuwe Binnenweg 176, NL-3015 BJ Rotterdam;
tel. +31 10 4361044, fax. +31 10 4361751.


Esperanto.Net
Esperanto-informação en português



TEJO / Axel Belinfante / mw


Fontes:

http://www.esperanto.net/info/baza_pt.html
http://maraquadros.blogspot.com/2010_08_01_archive.html

terça-feira, 21 de junho de 2011

ESPÉCIE EM EXTINÇÃO

Espécie em Extinção
Do livro Felicidade sem Culpa de Adenáuer Novaes

Não há mais lugar nem se admite nos tempos de hoje a partir dos avanços morais e sociais já conquistados, a permanência de uma personalidade:

- egoísta e dissimulada, cujos valores sejam estritamente individuais;

- que prefira atribuir aos outros seus próprios fracassos ou dificuldades de crescimento;

- exclusivamente voltada para fora, que esquece de olhar para dentro de si mesma;

- que se ocupe com futilidades, desprezando as pessoas e tripudiando sobre elas;

- que valorize excessivamente as coisas materiais em detrimento dos valores do espírito;

- que se ocupe apenas de si mesmo, sem manifestar interesse pela realização de atividades voluntárias visando o bem comum;

- que gaste seu tempo na aquisição de informações repetitivas e escravizantes;

- que veja o mundo de forma pessimista e mate a esperança dos outros quanto a uma vida melhor;

- que se satisfaça com a infelicidade alheia, por não alcançar a própria felicidade;

- que se compraz em ferir ou agredir seu semelhante para conseguir as coisas;

- que esteja sempre querendo ganhar sem renunciar em favor de alguém;

- que busque sua felicidade ferindo o direito de outrem;

- que se utilize da própria inteligência para confundir e gerar discórdia;

- que não saiba utilizar suas qualidades emocionais nas relações interpessoais;

- que não perceba a importância e o valor do amor para a conquista da felicidade;

- que não cultive a simplicidade e a humildade no trato cotidiano social;

- que não reserve parte de seu tempo para si mesmo, para seu lazer e para dedicar-se a uma atividade filantrópica;

- que não aprenda a se apaixonar por algo ou por alguém de forma equilibrada;

- que não goste de criança e de tudo que faça parte do mundo inocente e puro em seu redor;

- que não perceba a importância das coisas espirituais e das relações com o sagrado;

- que não sinta a influência dos espíritos nas decisões e nos processos de sua vida;

- que não sinta a presença constante de Deus e de Sua misericórdia a lhe ajudar;

- que ainda sobreponha o dinheiro e os bens materiais às conquistas do espírito imortal;

Adormeci e sonhei que a vida era alegria;
Despertei e vi que a vida era serviço;
Servi e vi que o serviço
era alegria.
(Tagore)

- que não valorize o amor como o máximo sentimento do ser humano;

- que não respeite o ser humano em todas as suas expressões e singularidades;

- que não acolha toda expressão religiosa como um convite de Deus ao ser humano;

- que não saiba amar sem exigir reciprocidade.

Caso você tenha se visto em algum desses parágrafos, pense como seria bom sair de tal condição e iniciar um processo de encontro consigo mesmo a serviço de sua felicidade. É tempo de você perceber que o destino lhe pertence e que ele é uma construção psíquica que se torna possível quando existe a disposição para a felicidade. A esperança de que você pode alcançá-la, e de que sua vida é um dom de Deus, torna-se fundamental para seu sucesso. Vá em frente e não desista de cultivar uma personalidade agradável.

segunda-feira, 20 de junho de 2011

REGRAS DE FELICIDADE


Regras de Felicidade
André Luiz


Lembre-se de que os outros são pessoas que você pode auxiliar, ainda hoje, e das quais talvez amanhã mesmo você precisará de auxílio.

Todo solo responde não somente conforme a plantação mas também segundo os cuidados que recebe.

Aqueles que renteiam conosco nas mesmas trilhas evolutivas assemelham-se a nós, carregando qualidades adquiridas e deficiências que estão buscando liquidar e esquecer.

Reflita nos arranhões mentais que você experimenta quando alguém se reporta irrefletidamente aos seus problemas e aprenda a respeitar os problemas alheios.

Pensemos no bem e falemos no bem, destacando o lado bom dos acontecimentos, pessoas e coisas.

Toda vez que agimos contra o bem, criamos oportunidades para a influência do mal.

Mostremos o melhor sorriso - o sorriso que nos nasça do coração - sempre que entrarmos em contato com os outros.

Ninguém estima transitar sobre tapetes de espinhos.

Evitemos discussões.

Diálogo, na essência, é intercâmbio.

Se você tem algo de bom a realizar, não se atrase nisso.

Hoje é o tempo de fazer o melhor.

Estime a tarefa dos outros, prestigiando-a com o seu entusiasmo e louvor na construção do bem.

Criar alegria e segurança nos outros é aumentar o nosso rendimento de paz e felicidade.

Não contrarie os pontos de vista dos seus interlocutores.


Podemos ter luz em casa sem apagar a lâmpada dos vizinhos.

Você é uma instituição com objetivos próprios dentro da Vida, a Grande Instituição de Deus.

Os amigos são seus clientes e se você procura ajudá-los, eles igualmente ajudarão você.

Se você sofreu derrotas e contratempos, apenas se deterá se quiser.

A Divina Providência jamais nos cerra as portas do trabalho e, se passamos ontem por fracassos e dificuldades em nossas realizações, o Sol a cada novo dia nos convida a recomeçar.

(Do livro "Na era do Espírito", André Luiz (Espírito), Francisco Cândido Xavier (médium)

Fonte: http://www.institutoandreluiz.org/

terça-feira, 7 de junho de 2011

O AMANHECER DE UMA NOVA ERA: 2012 - 1/11

Descrição:

Palestra sobre o amanhecer de uma nova era em 2012 e o Calendário Maia.













Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...